Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
VICTOR HUGO PONTES | MARGEM

VICTOR HUGO PONTES | MARGEM

Teatro & Arte | Dança

Centro Cultural Malaposta

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2021
jun
19

Sessão

19 jun 2021 20:30
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

80 minutos

Promotor

Minutos Redondos, Lda.

Breve Introdução

Em 2021, a Malaposta dedica um ciclo à Dança, que permite ao público habitar territórios tão distintos. Os movimentos, os gestos, as palavras, os olhares, os sons repetitivos, construtores de ritmos de libertação do caos imposto pelas referências instituidas, levam-nos a territórios tão diversos como aqueles propostos por Victor Hugo Pontes, Olga Roriz, Sao Castro e Antonio M Cabrita e, finalmente, Sofia Dias e Vitor Roriz, juntamente com o escultor Francisco Tropa.
Bem-vindos ao Território Dança.

Sinopse

Margem tem como inspiração o romance de 1937 de Jorge Amado, Capitães de Areia, que retrata um grupo de crianças e adolescentes abandonados que vivem nas ruas de São Salvador da Baía, roubando para comer, e dormindo num trapiche um armazém onde, como uma espécie de família, se protegem uns aos outros e sobrevivem a um dia de cada vez. 80 anos depois da publicação do livro, quisemos questionar quem são os novos capitães de areia, inspirando-nos na realidade social destas crianças, e conscientes de que nem sempre há finais felizes.

Quem são estas pessoas que são colocadas à margem, e quando é que essa marginalização começa? Na casa de partida da vida, temos todos as mesmas hipóteses ou alguns partem para a luta já em défice? Há formas de quebrar isso? Quais? A sério? De certeza? Será realmente admirável o mundo novo que conseguimos construir com todos os nossos ideais de igualdade para todos? Numa ideia de teatro documental, e em colaboração com Joana Craveiro, este projeto é alicerçado num trabalho junto de jovens que foram privados do ensino, da alimentação, de carinho, de um pai, de uma mãe, jovens que cometeram crimes, jovens que partiram em défice ou que se viram em défice por razões que muitas vezes lhes são alheias. Jovens e crianças que, não obstante, continuam a lutar pela sua liberdade, e, nalguns casos, para inverter o tabuleiro do jogo o tal onde, lado a lado, na casa de partida, já éramos diferentes uns dos outros, como uma fatalidade.

Ficha Artística

Direção: Victor Hugo Pontes;
Texto: Joana Craveiro;
Cenografia: F. Ribeiro;
Música: Marco Castro e Igor Domingues (Throes + The Shine);
Direção técnica e desenho de luz: Wilma Moutinho;
Consultoria artística: Madalena Alfaia;
Co-criação: Alexandre Tavares, André Cabral, David S. Costa, Hugo Fidalgo, João Nunes Monteiro, José Santos, Magnum Soares, Marco Olival, Marco Tavares, Nara Gonçalves, Rui Pedro Silva e Vicente Campos;
Interpretação: Alexandre Tavares, David S. Costa, Gonçalo Cabral, Hugo Fidalgo, Inês Azedo, João Klymenko, José Santos, Magnum Soares, Marco Olival, Marco Tavares, Tiago Ferreira, Vicente Freitas Melo e Sebastião Quintela;
Direção de produção: Joana Ventura;
Produção executiva: Mariana Lourenço;
Parcerias: Centro de Educação e Desenvolvimento de Pina Manique - Casa Pia de Lisboa e Instituto Profissional do Terço;
Apoio à Residência: Centro Cultural Vila Flor;
Coprodução: Nome Próprio, Centro Cultural de Belém - Fábrica das Artes e Teatro Aveirense;
Estrutura Residente no Teatro Campo Alegre;
Apoio: República Portuguesa / Direção-Geral das Artes.

Informações Adicionais

Por questões de segurança e de modo a seguir as orientações em vigor, os lugares da sala onde se realiza este espetáculo/atividade SÃO MARCADOS, cumprindo o espaçamento de uma cadeira entre espectadores, mesmo que coabitantes. O uso de máscara é obrigatório

Preços

Bilhete Inteiro - 13,00€

DESCONTOS
Maiores de 65 anos | Menores de 25 anos | Grupos + 10 pessoas

Profissionais de espetáculo | Cartões Câmara Municipal de Odivelas | Funcionários Câmara Municipal de Odivelas | Cartão FNAC | Konica Minolta | Clube P *

*Descontos efetuados na bilheteira da Malaposta, mediante apresentação do respetivo documento comprovativo do desconto

Assinatura CICLO TERRITÓRIO DANÇA - 36,00€
Inclui bilhetes para os seguintes espetáculos:
MARGEM de Victor Hugo Pontes/Nome Próprio
AUTÓPSIA de Olga Roriz
UM SOLO PARA A SOCIEDADE de São Castro e António M Cabrita/Companhia Paulo Ribeiro
CHOSES SANS OMBRE de Sofia Dias e Vítor Roriz

A reserva e compra desta assinatura e a marcação de lugares para pessoas com mobilidade reduzida (cadeira de rodas) deve ser feita  diretamente com a Malaposta através dos seguintes contactos: ccmalaposta@gmail.com ou 212478240

Pontos de Referência

Estação de serviço da Cepsa (Olival Basto)
Rotunda do Senhor Roubado

Transportes Públicos

METRO - ESTAÇÃO SR. ROUBADO [LINHA AMARELA]
AUTOCARRO - 736 [SERVIÇO DIURNO] | 206 [SERVIÇO NOTURNO]

Estacionamento

Parques de Estacionamento públicos circundantes

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

TÓ TRIPS | DIA MUNDIAL DA MÚSICA

Música & Festivais | Concerto

Centro Cultural Malaposta

Auditório

ESCOLA DE MULHERES | DA VOZ HUMANA

Teatro & Arte | Cruzamentos Artísticos

Centro Cultural Malaposta

Auditório